Município de Anadia

Menu Serviços

Internet Marketing Bruidsfotograaf

Notas de imprensa

Tamanho Letra:

 

 

MUSEU DO VINHO BAIRRADA MOSTRA “15 ANOS COM ARTE”

 

 

O Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, tem, até 30 de abril, “15 Anos com Arte”, uma exposição temporária que assinala década e meia de atividade Nws 2019 046 0430 MVB Expo fotodaquele serviço museológico do Município de Anadia.
Desde a sua inauguração, no passado mês de dezembro, têm sido muitos os visitantes, de vários pontos do país, que por ali têm passado para ver ou rever as obras expostas de alguns artistas e instituições que colaboraram com a autarquia, ao longo destes 15 anos. Em destaque estão trabalhos de grandes mestres, como Júlio Pomar, Manuel Cargaleiro, Árpád Szenes, Vieira da Silva, João Cutileiro, Nadir Afonso, Cândido Teles, Mário Silva, Pedro Olayo (filho), e Zé Penicheiro, entre outros.
Nesta exposição estão representados 52 artistas cuja obra passou pelo museu, e que junta pintura, escultura, fotografia, vídeo, e instalações artísticas, para relembrar as mostras temporárias que, desde 2003, preencheram o programa expositivo deste espaço.
Patentes estão ainda peças raras, tais como vasos gregos para vinho, datados dos séculos VI e V a.C., sendo também apresentados diversos objetos que se conservam nas reservas do museu e que nunca foram expostos.
A exposição estará patente ao público até 30 de abril de 2019, e pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00, e ao sábado, domingo e feriados, das 11h00 às 19h00.

 

 

 

 

700 MIL EUROS PARA REQUALIFICAÇÃO DA ESCOLA DE MOGOFORES

 

As obras de requalificação da Escola EB1 de Mogofores vão ter o seu início nos próximos dias, num investimento camarário que ronda os 700 mil euros e com um prazo de execução de sete meses. A empreitada foi já adjudicada, tendo o respetivo auto de consignação sido assinado no passado dia 20 Nws 2019 045 0220 Educ EBMogof fotode fevereiro.
A requalificação pretende transformar o edifício existente a sul e a área ocupada pelo campo de jogos, numa escola básica de 1.º ciclo com três salas de aula, biblioteca, instalações sanitárias para alunos, professores e funcionários, gabinetes para reuniões, atendimento e trabalho, sala polivalente/refeitório e copa, assim como espaços de recreio exterior, coberto e descoberto, pavimentado e relvado. Esta intervenção vai implicar a realização de profundas alterações no equipamento existente, de modo a cumprir a legislação, nomeadamente o Plano Curricular do 1.º Ciclo do Ensino Básico (CEB).
Assim, optou-se por reabilitar o edifício a sul, alterando a sua distribuição interior e mantendo o seu aspeto exterior, e demolir o campo de jogos para implantar um novo edifício, que alberga o programa excedente e cuja cobertura substitui a função do campo de jogos. Não serão efetuados trabalhos no edifício a norte, pelo facto de este se encontrar numa cota de difícil acesso aos futuros utentes da escola.
O complexo está dimensionado de modo a satisfazer as necessidades definidas na “Carta Educativa do Concelho de Anadia”, e a intervenção incide sobre os espaços letivos do 1.º CEB, com uma previsão de 75 alunos.
Devido à intervenção neste equipamento escolar, os alunos ocupam, provisoriamente, salas amovíveis, que se encontram no espaço do Centro Social de Mogofores, desde o início do presente ano letivo.

 

 

INCUBADORA DO CURIA TECNOPARQUE ACREDITADA PELO IAPMEI

 


O Município de Anadia viu aprovada, no passado dia 11 de fevereiro, a candidatura que submeteu ao IAPMEI com vista à certificação da Incubadora do Curia Tecnoparque (ICT) para a prestação de serviços de incubação de empresas.
A acreditação mereceu parecer positivo da Comissão Diretiva das Autoridades de Gestão dos Programas Operacionais, e dos Conselhos Diretivos do IAPMEI e do Turismo de Portugal IP, o que permitirá, em breve, a integração da ICT na lista de entidades acreditadas para fornecer serviços de incubação.
A ICT nasceu em 2006 e está, atualmente, sob a tutela do Município de Anadia, tendo como parceiros a Universidade de Aveiro e o Instituto Politécnico de Coimbra. A autarquia tem também protocolos estabelecidos com a Rede Nacional de Incubadoras, a IERA - Incubadora de Empresas da Região de Aveiro e a RIERC - Rede de Incubadoras deNws 2019 044 0211 Empreend ICT foto Empresas da Região Centro.
Localizada entre Aveiro e Coimbra, a ICT tem como missão produzir impacto económico na região, favorecendo o clima de inovação e de empreendedorismo para a criação e o sucesso de novas empresas. As áreas preferenciais são as tecnologias da informação e comunicação (TIC), viticultura e enologia, mobilidade suave, saúde e bem-estar, energias e ambiente, desporto, turismo e termalismo, cerâmica, e setor agrícola e florestal.
O espaço de incubação dispõe de 11 gabinetes individuais e uma área para coworking, com capacidade para cerca de 10 pessoas. Neste momento, estão ali incubadas cinco empresas, quatro fisicamente e outra de forma virtual. Na “forja”, para entrar, estão mais quatro projetos.
A Câmara Municipal de Anadia pretende dotar aquele espaço de novos serviços de apoio às empresas, e, em breve, entrará em funcionamento o GAEE - Gabinete de Apoio ao Empresário e ao Empreendedor.
Uma das medidas que a ICT poderá proporcionar na sequência da acreditação agora alcançada é o “Vale Incubação”, que visa dinamizar a capacidade empreendedora e fomentar as condições para a aceleração e o sucesso de novas empresas, apoiando o desenvolvimento do negócio por via da contratação de serviços de Incubação a incubadoras previamente acreditadas. Os serviços de incubação a prestar pelas entidades acreditadas no âmbito dos “Vales Incubação” terão como objetivo acelerar e fomentar, pelo período máximo de um ano, a capacidade empreendedora e as condições para o sucesso comercial nacional e internacional de novas empresas, geradas por um empreendedor ou numa equipa de empreendedores, em atividades relacionadas com indústrias criativas e culturais, e/ou setores com maior intensidade de tecnologia e conhecimento ou que valorizem a aplicação de resultados de I&D na produção de novos bens e serviços, potenciando o sucesso no mercado de novas startups, em atividades inovadoras e de valor acrescentado.

 

 

ANADIA “CAPITAL DO VINHO PORTUGUÊS” POR UMA NOITE

 

 

O Centro de Alto Rendimento (CAR) de Anadia / Velódromo Nacional, em Sangalhos, recebeu, no passado dia 15 de fevereiro, a gala dos “Nws 2019 043 0215 Vin GrEscolhas fotoPrémios Grandes Escolhas”, promovida pela revista “Vinho - Grandes Escolhas”, com o apoio do Município de Anadia.
A nave desportiva do CAR foi transformada numa mega sala, recebendo, com todo o glamour, o jantar e a cerimónia de entrega de prémios que distinguiu o que de melhor se faz em Portugal nos setores do vinho e da gastronomia. No evento, em que participaram cerca de mil pessoas, a região da Bairrada não foi esquecida, tendo algumas das suas entidades sido distinguidas nesta cerimónia, para além da presença de três vinhos Bairrada no Top 30 da revista.
Na sua intervenção, João Geirinhas, diretor de negócios de “Vinho - Grandes Escolhas”, deixou uma palavra de reconhecimento à Câmara Municipal de Anadia pelo acolhimento dado ao evento, bem como “pelo trabalho que o município tem vindo a desenvolver, ao longo destes anos, em prol deste setor”. Por outro lado, considerou que o facto de, neste espaço, “se encontrarem pessoas que representam todo o sector, torna a cidade de Anadia na capital do vinho português, por esta noite”.
Durante o ano 2018, uma vasta equipa da revista “Vinho Grandes Escolhas” participou e esteve atenta a tudo o que se passava no Portugal vinícola. A escolha de “Os Melhores de 2018” – pessoas e entidades – acaba, assim, por ser o culminar desse trabalho.

 

ENTIDADES DA BAIRRADA DISTINGUIDAS:
- Baga Friends - Prémio Organização Vitivinícola
- Garrafeira 5 Estrelas, de Aveiro - Prémio Garrafeira
- Licínia Ferreira e Paulo Rodrigues, da Mealhada - Prémio David Lopes Ramos

 

VINHOS BAIRRADA NO TOP 30:
- Kompassus Private Collection (Kompassus Vinhos, Bairrada, Tinto, 2013)
- Quinta das Bágeiras Pai Abel (Bairrada, Branco, 2016)
- Luís Pato Vinha Barrosa (Bairrada, Tinto, 2015)

 

 

GNR FISCALIZA FAIXAS DE GESTÃO DE COMBUSTÍVEL EM ANADIA

 


Ações nas freguesias de Avelãs de Cima, Moita e Vila Nova de Monsarros

A Guarda Nacional Republicana (GNR), em parceria com o Município de Anadia, vai levar a efeito, nos dias 22, 23 e 24 de fevereiro, nas freguesias de Avelãs de Cima, de Moita, e de Vila Nova de Monsarros, ações de sensibilização sobre a limpeza e gestão das faixas de combustível.
Num posto móvel da GNR, entre as 9h00 e as 17h00, militares afetos a estas áreas e um técnico da autarquia irão sensibilizar e informar sobre a necessidade de se proceder à limpeza de terrenos eNws 2019 042 0222 Amb GNR Floresta foto respetiva gestão das faixas de combustível.
O veículo da GNR estará na freguesia de Avelãs de Cima, no dia 22 de fevereiro, das 9h00 às 13h00, junto à sede da Junta de Freguesia, e, das 13h00 às 17h00, junto à Associação de Canelas. No dia seguinte, a ação decorrerá na Moita, das 9h00 às 13h00, junto ao edifício da Junta de Freguesia, e, das 13h00 às 17h00, no Largo de Ferreiros. Por fim, no dia 24, estará em Vila Nova de Monsarros, das 9h00 às 13h00, no Largo Central, e, das 13h00 às 17h00, junto à sede da Associação Florestal de Algeriz.
Para além desta sensibilização junto da população, várias patrulhas da GNR circularão nas três freguesias para procederem à fiscalização das faixas e marcação georreferenciada dos prédios que se encontram em incumprimento. Esta marcação servirá, numa primeira fase, para conhecimento administrativo dos prédios em incumprimento, pelo que, após 15 de março, haverá lugar ao levantamento dos autos de notícia por contraordenação aos detentores dos mesmos. As coimas variam entre os 280 e os 10 mil euros, no caso de pessoas singulares, e 1.600 e os 120 mil euros, no caso de pessoas coletivas.
De acordo com o Decreto-Lei n.º 124/2006, de 28 de junho, na sua redação atual, a limpeza deve ser efetuada, até 15 de março próximo, numa faixa de largura não inferior a 50 metros, no caso de edifícios, e de largura não inferior a 100 metros, em torno dos aglomerados populacionais, definidos no Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios.
A gestão de combustíveis a executar nestas áreas deve ter em conta os seguintes critérios: a distância entre as copas das árvores deve ser, no mínimo de 10 metros, nos povoamentos de pinheiro bravo e eucalipto, e de 4 metros para as outras espécies, devendo as árvores, em ambos os casos, estar desramadas em 50 por cento da sua altura, até que atinjam os oito metros. A partir desta altura, a desramação deve ser feita, no mínimo, até quatro metros acima do solo. Estas medidas não se aplicam a árvores produtoras de fruto e árvores inseridas em parques urbanos.

COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE QUEIMAS
Neste posto móvel pretende-se também informar as pessoas sobre a obrigatoriedade de procederem à comunicação prévia da queima de sobrantes resultantes da exploração agrícola e florestal, com exemplificação de como se deve proceder ao registo na plataforma digital (https://fogos.icnf.pt/InfoQueimasQueimadas/), conforme determina o Decreto-Lei n.º 14/2019, de 22 de janeiro.

 

 

ANADIA TEM PLANO MUNICIPAL DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCÊNDIOS

 

A Câmara Municipal de Anadia aprovou, por unanimidade, no passado dia 14 de fevereiro, em reunião extraordinária, o Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios (PMDFCI).
O concelho de Anadia, com cerca de 216 km2, tem mais de metade da sua área ocupada com floresta, sendo esta relevante para a economia local e para o setor primário. NesteNws 2019 041 0214 Amb PMDFloresta foto sentido, o Município de Anadia elaborou recentemente o Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios de terceira geração para o decénio 2019-2028.
Este é constituído por dois cadernos técnicos onde é efetuado o diagnóstico do concelho de Anadia em matéria de defesa da floresta contra incêndios, seguindo-se a respetiva prescrição através de cinco eixos estratégicos, nomeadamente o aumento da resiliência do território aos incêndios rurais, a redução da incidência dos incêndios rurais, a melhoria da eficácia do ataque e da gestão dos incêndios rurais, a recuperação e reabilitação dos ecossistemas, e a adoção de uma estrutura orgânica funcional e eficaz.
A aprovação do documento passou por várias fases, respeitando o estipulado no artigo quarto do despacho n.º 443-A/2018, de 9 de janeiro. Tendo sido aprovado pela Comissão Municipal de Defesa da Floresta (CMDF), em 6 de dezembro de 2018, mereceu depois parecer vinculativo positivo do ICNF - Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, sendo, em 18 de janeiro do corrente ano, submetido a consulta pública. Cumprida esta fase, foi elaborado o relatório de ponderação dos contributos, que foi entregue à CMDF para consolidação do plano, no passado dia 11 de fevereiro.
Após a apresentação e aprovação do plano na reunião do executivo municipal no dia 14 do corrente, o documento segue agora para votação pela Assembleia Municipal, cuja sessão está agendada para o próximo dia 28 de fevereiro.

 

 

 MUNICÍPIO DE ANADIA REJEITA TRANSFERÊNCIA DE MAIS TRÊS COMPETÊNCIAS

 

Saúde, cultura e proteção e saúde animal e de segurança dos alimentos

A Câmara Municipal de Anadia rejeitou, no passado dia 14 de fevereiro, em reunião extraordinária, a transferência de competências, nos domínios da saúde, cultura, e proteção e saúde animal e de segurança dos Alimentos.
À semelhança do que já tinha acontecido com os diplomas setoriais publicados em novembro de 2018, o executivo camarário entende que não se encontram reunidas as condições Nws 2019 040 0214 CMA Compet fotopara assumir as três competências publicadas pelo governo, no passado dia 30 de janeiro, alegando que continua a existir uma ausência de conhecimento cabal sobre as matérias a transferir e as implicações financeiras, humanas e organizacionais.
No domínio da proteção e saúde animal e de segurança dos alimentos, o município ainda não dispõe de um centro de recolha oficial que permita acolher um grande número de animais. Por outro lado, encontra-se atualmente a decorrer o procedimento conducente ao recrutamento de um médico veterinário para exercer as funções de autoridade veterinária municipal, encontrando-se a autarquia, neste momento, ainda desprovida de médico veterinário municipal. De salientar ainda que esta competência encerra também um conjunto de taxas a aplicar pelo município que não se encontram previstas na tabela de taxas em vigor, e que tal medida obriga à criação das mesmas, por regulamento aprovado pelo órgão deliberativo, um processo que se revela complexo.
Na área da cultura, o Município de Anadia não dispõe de museus que integrem a Rede Portuguesa de Museus, e, no concelho, existem poucos bens imóveis classificados, não sendo qualquer um deles património municipal ou do Estado.
No que respeita à saúde, o executivo considera que o diploma “é bastante redutor nas transferências de competências que se desejariam para este setor” e que “se desconhecem os valores exatos dos encargos financeiros referentes, quer às despesas do pessoal, às despesas correntes”, bem como “os valores de manutenção e conservação a afetar”.
O executivo alerta para a necessidade de uma intervenção profunda e urgente, sobretudo no Centro de Saúde de Anadia, através da requalificação e beneficiação das infraestruturas existentes, nomeadamente equipamentos, coberturas, infiltrações, paredes interiores e exteriores. Considera ainda que “não se encontra assegurada, quer a realização das obras, quer a comparticipação das mesmas por financiamento comunitário, ou por protocolo a celebrar com a autarquia para que esta pudesse colaborar na execução mais rápida das obras”.
A proposta do executivo vai ser agora remetida à Assembleia Municipal para discussão e aprovação, em reunião agendada para o dia 28 de fevereiro. A decisão daquele órgão deliberativo será posteriormente comunicada à Direção-Geral das Autarquias Locais.



 

MUNICÍPIO DE ANADIA ENTREGA PRÉMIOS DO SORTEIO DE NATAL

 

 

O Município de Anadia, juntamente com a ACIB - Associação Comercial e Industrial da Bairrada, procedeu à entrega, no passado dia 14 de fevereiro, dos prémios, no valor de 150Nws 2019 039 0214 Empreend Nat FOTO euros cada, aos 30 estabelecimentos comerciais contemplados no Sorteio de Natal do Comércio Local.
O sorteio, que decorreu entre 1 de dezembro de 2018 e 1 de janeiro 2019, foi promovido pela autarquia em parceria com a ACIB, envolvendo mais de 300 estabelecimentos comerciais, das 10 freguesias e uniões de freguesias do concelho. De salientar que o número de aderentes tem vindo paulatinamente a aumentar, de ano para ano, tendo abrangido, nesta sua terceira edição, praticamente todo o concelho.
Na ocasião, a presidente da Câmara Municipal de Anadia, Maria Teresa Cardoso, deixou uma palavra de apreço e de agradecimento aos estabelecimentos comerciais por terem correspondido a este desafio, sublinhando que o objetivo do município era o de “despertar o interesse” das populações locais para que façam as suas compras no comércio tradicional.
A autarca mostrou-se ainda agradada com a adesão dos comerciantes ao Sorteio de Natal, referindo que “o número de participantes e a sua área geográfica têm vindo a aumentar todos os anos”, o que, no seu entender, “é um sinal positivo de que estamos no bom caminho”.
Maria Teresa Cardoso deu ainda a conhecer que os apoios municipais às áreas de negócios são mais amplos, referindo-se aos benefícios concedidos aos jovens empreendedores, no âmbito do “Invest em Anadia”, domínio em que a autarquia já apoiou 26 projetos, nas diferentes áreas da economia local. Por outro lado, destacou os apoios à natalidade atribuídos às famílias do concelho, no valor de mil euros cada, devendo metade deste valor ser gasto em compras no comércio local do concelho. “É mais um contributo que o município dá para o comércio local”, afirmou ainda.
Outra das ações deste ano foi a oferta de um pinheiro de Natal a cada uma das empresas que aderiu ao sorteio, tendo os responsáveis dos estabelecimentos sido desafiados a decorá-los de acordo com a sua criatividade. “Quisemos introduzir uma vertente mais verde e ambiental ao Natal”, sublinhou a edil anadiense. Os pinheiros estão agora a ser recolhidos e plantados em vários espaços públicos do concelho de Anadia. Aos “proprietários” está a ser entregue um certificado com a georreferenciação das respetivas árvores para que possam assim saber onde se encontram localizadas.
O vereador Ricardo Manão, responsável pela área do empreendedorismo, salientou que, com estas ações, pretendeu-se “criar hábitos de consumo na população, bem como laços de fidelidade para com o comércio local”.
Renato Almeida, representante da ACIB, elogiou a parceria estabelecida com o Município de Anadia, dando os parabéns pela realização deste tipo de ações, que, na sua ótica, “criam uma dinâmica positiva que valorizam o comércio tradicional e as terras onde se encontra instalado”.
O Sorteio de Natal teve como objetivo dinamizar a economia local, por forma a que, cada vez mais, as pessoas efetuem as suas compras no comércio tradicional.

 

 

 

HASTA PÚBLICA PARA EXPLORAÇÃO DO QUIOSQUE MUNICIPAL EM ANADIA

 

 

Nws 2019 038 0311 Patrim Hasta fotoA Câmara Municipal de Anadia vai efetuar, no próximo dia 11 de março, uma hasta pública destinada a atribuir o direito de ocupação e de exploração do Quiosque Municipal, localizado na Praça da Juventude, na cidade de Anadia.
Deliberada na reunião do executivo do passado dia 6 de fevereiro, a realização da praça para arrematação terá como objeto um quiosque, com a área de 11,50m2, no qual podem ser desenvolvidas atividades de comércio de jornais, revistas, livros, tabacaria, lotarias, bijuteria, euromilhões, totoloto, totobola, raspadinhas e outros produtos afins, payshop, lembranças regionais, flores e produtos alimentares embalados, onde se incluem águas, gelados e outros identificados com este tipo de comércio, permitido por lei e autorizado pelo Município de Anadia.
As condições gerais do direito de ocupação e exploração estão explicitadas no caderno de encargos respetivo, o qual pode ser consultado nos Paços do Município de Anadia, no Serviço de Património, até ao dia anterior ao da realização da praça, ou no site do Município em www.cm-anadia.pt.
A praça terá lugar no Salão Nobre dos Paços do Município, pelas 11h30 no próximo dia 11 de março, e o valor base de licitação será de 150 euros, com lanços obrigatórios de dez euros.

 

 

 

ECOPARQUE DE SANGALHOS INAUGURADO

 

O Ecoparque de Sangalhos, um dos projetos vencedores do Orçamento Participativo Jovem 2017, foi inaugurado junto ao Complexo Desportivo, no espaço da antiga pista de ciclismo de Sangalhos, no passado dia 9 de fevereiro, pelos proponentes do projeto – jovens da equipa de seniores B, de 2016/17, do Sangalhos Desporto Clube –, Freguesia deNws 2019 037 0209 Amb EcoParque foto Sangalhos, e Município de Anadia.
A intervenção, que rondou os 100 mil euros, teve como objetivo primordial a reabilitação de um espaço que se encontrava sem utilização, dotando-o de condições importantes para o lazer, bem como a instalação de equipamentos que visam atrair públicos diversos e promover o convívio intergeracional.
Na ocasião, o presidente da Junta de Freguesia de Sangalhos, António Floro, mostrou-se satisfeito com a inauguração deste equipamento, dando os “parabéns” à Câmara Municipal de Anadia pela realização do Orçamento Participativo Jovem e aos jovens por terem aceitado este desafio.
A presidente do executivo municipal, Maria Teresa Cardoso, deixou uma palavra de reconhecimento aos jovens que idealizaram este projeto que veio “dar vida” a uma área que estava sem utilização, frisando que “o município apenas concretizou as suas ideias”. A autarca referiu ainda que a intervenção camarária nesta zona da freguesia não abrange apenas o Ecoparque, recordando o investimento que foi feito na construção do segundo pavilhão desportivo, de acessos e de zonas de estacionamento.
Maria Teresa Cardoso deu conta de que o espaço da antiga pista de ciclismo de Sangalhos tem “uma grande simbologia”, pois, “por aqui passaram muitos campeões”. “Era um espaço que merecia ser requalificado”, afirmou ainda.
A presidente da Câmara Municipal espera agora que o Ecoparque “seja utilizado e preservado de forma responsável”, acrescentando que “Sangalhos e o concelho de Anadia merecem este espaço que é de todos”. Anunciou ainda que no ano de 2019, o município, pretende alargar o Orçamento Participativo à restante população.
Com uma área de 6.550 m2, o Ecoparque de Sangalhos reúne um diversificado conjunto de valências, tais como áreas arborizadas, infraestruturas desportivas e de recreio (circuito de manutenção, campo de basquetebol, zona de merendas e parque infantil), mobiliário urbano (bancos, papeleiras, e bebedouros, entre outros), e infraestruturas básicas como sanitários.

 

 

ANADIA RECEBE FASE FINAL DO “ELITE MINIFOOTBALL PORTUGAL”

 

 

Nws 2019 036 0223 Desp Minifut foto

Anadia é, pela primeira vez, a cidade escolhida pela Associação Portuguesa de Minifootball para acolher a final das SuperLigas Futebol 5 & 7 das Ligas MiniFootball Portugal, que terá lugar nos próximos dias 23 e 24 de fevereiro, nos campos de relva sintética do Complexo Desportivo de Anadia.
A competição, que conta com o apoio do Município de Anadia, tem como intuito apurar os campeões nacionais, bem como escolher os 15 atletas que representarão Portugal no Mundial de Futebol Amador. Estarão presentes 21 equipas de Futebol 7 e nove de Futebol 5, num total de 400 atletas que disputarão 53 jogos.
A prova desportiva tem também como objetivos a recreação e lazer para os participantes amadores que, outrora, foram desportistas federados e que, hoje, procuram a prática do futebol entre amigos, mantendo, contudo, algum espírito competitivo.

 

 

 

 

UNIDADE MÓVEL DE ATENDIMENTO DE ANADIA COM MAIS SERVIÇOS

 

 

Nws 2019 035 0208 AS UMAAnd foto

O Município de Anadia firmou, no passado dia 8 de fevereiro, protocolos de cooperação com cinco farmácias do concelho, no sentido de reforçar o leque de serviços prestados à comunidade pela Unidade Móvel de Atendimento (UMA).
Os protocolos foram assinados com as Farmácias Júlio Maia (Anadia), Andrade (Mogofores), Termal (Curia), Gina (Amoreira da Gândara), e Central (Anadia), que vão agora prestar apoio na área da educação farmacológica, no sentido de sensibilizar as pessoas assuntos como a toma correta dos medicamentos, nomeadamente dentro das horas prescritas e sem sobredosagem, além de outros importantes esclarecimentos.
A presidente da Câmara Municipal de Anadia, Maria Teresa Cardoso, agradeceu a disponibilidade das farmácias, deixando uma palavra de apreço por terem aderido a este projeto que “é uma mais-valia” para a comunidade, e afirmando que o objetivo “é chegar mais próximo daquelas pessoas que têm mais dificuldades em chegar a este tipo de serviços”. De recordar que o município já havia celebrado, em dezembro último, protocolos de cooperação com duas clínicas de Anadia para a prestação de serviços na área da saúde.
A UMA, que entrou em funcionamento no passado mês de julho, percorre as 10 freguesias e uniões de freguesia do concelho, prestando diversos serviços públicos às populações mais isoladas e com menor mobilidade, nomeadamente nas valências de biblioteca, espaço do cidadão e saúde.

 

 

 

 ANADIA CONTINUA A INSPIRAR CONCURSO DE POESIA

 


  Nws 2019 034 0302 BMA LetrasPrimav fotoNo âmbito da celebração do Dia Mundial da Poesia (21 de março), o Município de Anadia está a promover a 11.ª edição do concurso de poesia “Letras da Primavera”, decorrendo o prazo para entrega dos trabalhos até ao próximo dia 2 de março.
O tema é livre e apenas serão admitidos a concurso trabalhos inéditos e não publicados, escritos em português, com o limite de um poema por autor. Os trabalhos poderão ser enviados por correio normal ou eletrónico, ou entregues pessoalmente na Biblioteca Municipal de Anadia, até 2 de março, ficando depois expostos no átrio da biblioteca, de 11 de março a 13 de abril. Durante este período, os poemas serão avaliados e sujeitos a votação pelos visitantes, mediante preenchimento de impresso próprio facultado pela biblioteca. Os dez poemas mais votados serão, posteriormente, avaliados por um júri de três elementos, designado pela Câmara Municipal de Anadia, o qual selecionará os três trabalhos vencedores.
O resultado será tornado público nos websites do Município de Anadia (www.cm-anadia.pt) e da Biblioteca Municipal de Anadia (www.bm-anadia.pt), bem como através da comunicação social.
Os vencedores receberão prémios pecuniários no valor de 100 euros (1.º lugar), 75 euros (2.º lugar) e 50 euros (3.º lugar), devendo a cerimónia de entrega dos prémios realizar-se em julho, no âmbito do décimo primeiro aniversário da Biblioteca Municipal de Anadia.

 

 

MASTERCLASS DE VINHOS DO DÃO E BEIRA INTERIOR EM ANADIA

 

“Rufetes” à prova no Museu do Vinho BairradaNws 2019 033 0219 MVB MasterClass4 foto

O Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, recebe no próximo dia 19 de fevereiro, pelas 21h00, mais uma “MasterClass de Vinhos”, desta feita dedicada aos néctares produzidos com casta rufete nas regiões do Dão e da Beira Interior.
Adquirir ou aprofundar saberes enófilos e técnicos relacionado com a identidade de diferentes tipos de vinhos e regiões é o que os interessados podem esperar das masterclasses promovidas pelo Município de Anadia. Nesta sessão, que conta com a colaboração de duas comissões vitivinícolas da região centro – Dão e Beira Interior – o destaque vai para os vinhos elaborados a partir da casta tinta rufete.
A participação é gratuita, mas limitada a 40 pessoas, mediante inscrição através do endereço de correio eletrónico Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

 

 

AURORA CUNHA À CONVERSA NO MUSEU DO VINHO BAIRRADA, EM ANADIA

 


Nova edição de “Quintas no Museu – Histórias de Vida”

O ciclo de tertúlias “Quintas no Museu – Histórias de Vida”, promovido pela Câmara Municipal de Anadia, regressa ao Museu do Vinho Bairrada, no próximo dia 28 de fevereiro, pelas 21h30, com uma convidada muito especial: Aurora Cunha.Nws 2019 032 0228 MVB AuroraC foto
Atleta portuguesa de corta-mato, meio-fundo e fundo, Aurora Cunha foi campeã mundial de estrada em três anos consecutivos (1984 a 1986), e conquistou as maratonas de Paris, Tóquio, Chicago e Roterdão, tendo representado Portugal em três Jogos Olímpicos. Atualmente, é presença assídua e empenhada em causas sociais e de promoção do desporto e da atividade física. Num serão que se prevê animado, Aurora Cunha irá partilhar factos e memórias que marcaram a sua vida e a sua carreira, muitas delas descritas na sua biografia “Uma vida de paixões”. A tertúlia será moderada pelo jornalista Teófilo Fernando.
A terceira edição do ciclo de tertúlias “Quintas no Museu – Histórias de Vida” contará, tal como em 2018, com a presença de diversas personalidades oriundas de vários universos, desde a música ao desporto, passando pelo mundo empresarial, o jornalismo e a arte. A entrada é livre, mas limitada à capacidade da sala.
A sessão do mês de março, agendada para dia 21, vai ser dedicada à vida e à carreira da grande diva do fado. No Museu do Vinho Bairrada estarão representantes da Fundação Amália Rodrigues/Casa-Museu Amália Rodrigues, que desvendarão alguns episódios e curiosidades do percurso da grande fadista – registos de memória contados por alguns daqueles com quem Amália privou e que hoje preservam o acervo histórico desta figura maior do fado e da cultura portugueses.

 

 

CONCURSO INTERMUNICIPAL DE LEITURA VAI APURAR FINALISTAS DE ANADIA

 


 Nws 2019 031 0222 BMA CIL fotoA Fase Municipal do Concurso Intermunicipal de Leitura (CIL), promovido pela Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA), vai levar ao Cineteatro Anadia, no próximo dia 22 de fevereiro, pelas 20h00, os alunos dos estabelecimentos de ensino do concelho de Anadia apurados na Fase de Escola do certame.
O CIL é um concurso escolar dirigido a todos os estabelecimentos de ensino dos 11 municípios que integram a Região de Aveiro, e que se propõe proporcionar uma oportunidade renovada de estimular, nos alunos, o gosto pelo livro e pela leitura. O concurso tem ainda como objetivos promover o prazer de ler e contribuir para o desenvolvimento de competências, no âmbito da leitura, durante o percurso escolar dos alunos, do 1.º ciclo ao ensino secundário.
A Fase Municipal, segunda etapa do certame, destina-se aos alunos dos 1.º, 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básicos, do Ensino Secundário e do Centro Qualifica, apurados na primeira etapa – a Fase de Escola -, realizada no Agrupamento de Escolas de Anadia, Colégio Nossa Senhora da Assunção, Salesianos de Mogofores, Escola de Viticultura e Enologia da Bairrada, e Centro Qualifica de Anadia.
De acordo com o regulamento, as obras de leitura obrigatória são “O Caracol que descobriu a importância da lentidão”, de Luís Sepúlveda (1.º ciclo), “Os Ciganos”, de Sophia de Mello Breyner Andresen e Pedro Sousa Tavares (2.º ciclo), “As cidades de papel”, de John Green (3.º Ciclo e Centro Qualifica), e “O pintor debaixo do lava-loiças”, de Afonso Cruz (Ensino Secundário).
Os vencedores de cada nível de ensino terão direito a um prémio pecuniário, e irão representar o Município de Anadia na Fase Intermunicipal, que se realizará em Aveiro no próximo dia 4 de maio. Todos os alunos participantes receberão um Certificado de Participação.

 

 

NOVOS “CONCERTOS DE PRIMAVERA” EM ANADIA

 

Cuca Roseta, Miguel Gameiro e Gisela João atuam no Cineteatro

Nws 2019 029 0309 Cult ConcPrimav FOTO
Anadia volta a receber, no palco do Cineteatro, mais uma edição dos "Concertos de Primavera", interpretados por grandes nomes da música portuguesa, com início no próximo dia 8 de março.
O ciclo de concertos abre com a atuação de Cuca Roseta, no dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher. Segue-se, a 5 de abril, Miguel Gameiro, e, a encerrar, a 10 de maio, Gisela João.
Os concertos serão acústicos e terão um formato intimista, possibilitando a interação com o público, num ambiente descontraído. Os artistas têm, assim, a oportunidade de partilhar, com a audiência, histórias e curiosidades associadas à composição de um tema ou a algum episódio memorável, sendo esta a matriz comum aos três "Concertos de Primavera". Os espetáculos, com início às 21h30, contam com a presença de músicos convidados, o que sublinhará o caráter intimista de cada concerto, contribuindo também para lhes conferir maior exclusividade.
Os bilhetes estão à venda no Cineteatro Anadia às sextas-feiras e sábados, das 20h00 às 23h00, e no dia dos espetáculos, a partir das 14h00, com os seguintes preços: 1.ª plateia - 14 euros, 2.ª plateia e lugares para pessoas com mobilidade reduzida - 12 euros, e balcão - 10 euros. Está ainda previsto o "Passe Concertos de Primavera", que dá acesso aos três espetáculos, na 1.ª plateia, e que tem o custo de 35 euros. Os ingressos encontram-se também disponíveis na bilheteira online - BOL (www.bol.pt), nos CTT, Fnac, Worten e noutros postos BOL.

 

 

 

 

 

 

MUNICÍPIO DE ANADIA CEDE INSTALAÇÕES A ESCUTEIROS DE AVELÃS DE CIMA

 

 

O Município de Anadia celebrou, no passado dia 29 de janeiro, com a Freguesia de Avelãs de Cima e com o Agrupamento 836 de Avelãs de Cima do Corpo Nacional de Escutas, um protocolo tripartido com vista à Nws 2019 026 0129 Assoc EscutAvCim fotocedência do edifício da Pré-Escola de Avelãs de Cima ao referido agrupamento.
As instalações, que se encontravam devolutas desde a entrada em funcionamento do Centro Escolar de Avelãs Cima/Avelãs de Caminho, vão agora servir de sede social do agrupamento, uma vez que reúne condições adequadas para o desenvolvimento das suas atividades. De recordar que a sua sede se encontrava instalada, de forma provisória, no edifício da Escola Básica do 1º Ciclo de Figueira, fruto de um protocolo celebrado com a Freguesia de Avelãs de Cima.
Esta cedência de instalações, aprovada na reunião de executivo municipal do passado dia 5 de dezembro, é justificada pelo papel, reconhecido pelo Município de Anadia, que os agrupamentos de escuteiros existentes no concelho desempenham junto da juventude, nomeadamente em matéria social, cultural, recreativa e desportiva.
De acordo com o protocolo agora firmado, a manutenção dos espaços exteriores deverá ser efetuada, de forma regular, pelo Agrupamento 836, cabendo-lhe igualmente a assunção das despesas com os consumos de água e de energia elétrica. Da mesma forma, quaisquer obras de conservação ou beneficiação serão também executadas pelos escuteiros, mediante autorização prévia do município.

 

 

 

COMÉDIA “FAZ-TE HOMEM” APRESENTA-SE NO CINETEATRO ANADIA

 

 

Nws 2019 022 0330 Cult Teat foto
O espetáculo “Faz-te Homem” vai subir ao palco do Cineteatro Anadia, no dia 30 de março, a partir das 21h30, com os atores João Didelet e António Machado nos principais papéis. A apresentação da comédia, da autoria de Luís Coelho e com encenação de Paulo Sousa Costa, assinala o Dia Mundial do Teatro, que se celebra a 27 de março.
Os atores dão vida a dois amigos de longa data que decidem debater a sempre polémica temática do papel do homem na nossa sociedade e as suas ramificações com tudo o que o rodeia, com tudo o que se mexe… mulheres incluídas. Regabofe, carros, futebol, copos, porrada, mariquices versus machices e, claro, mulheres, serão alguns dos vários temas aflorados ao longo do espetáculo.  
Os bilhetes já se encontram à venda e podem ser adquiridos no Cineteatro Anadia às sextas-feiras e sábados, das 20h00 às 23h00, e no dia do espetáculo, a partir das 14h00. O bilhete tem o custo de 7,5 euros, estando reservado um desconto de 50% aos portadores dos cartões Anadia Jovem e Anadia Sénior. Os ingressos estão também disponíveis na bilheteira online - BOL (www.bol.pt), nos CTT, Fnac, Worten e noutros postos BOL.

 

 

ANADIA PRECISA DE VOLUNTÁRIOS PARA APOIO AO ESTUDO

 

 

Banco Local de Voluntariado pede colaboração solidária
O Banco Local de Voluntariado de Anadia (BLVA) procura voluntários para apoiarem crianças e jovens carenciados que necessitam de estudo acompanhado nas áreas de Matemática, Português e Inglês.
Este projeto, dinamizado pelo banco há já alguns anos, procura contribuir para a promoção do sucesso escolar de alunos oriundos de contextos socioeconómicos desfavorecidos. Nesta fase, o BLVA necessita daNws 2019 021 0130 AS Volunt foto colaboração de voluntários que se proponham dar continuidade a esta tarefa, e requer a colaboração de profissionais com conhecimentos nas áreas da matemática, do português e do inglês, a fim de integrarem ações que o banco pretende concretizar em diversos locais do concelho de Anadia.
O BLVA é dinamizado pela Câmara Municipal de Anadia, juntamente com o Centro Social, Cultural e Recreativo da Freguesia de Avelãs de Cima e com o Centro Social, Cultural e Recreativo de Poutena. Constitui-se como um espaço de encontro entre pessoas que expressam vontade de ajudar o próximo em regime de voluntariado, bem como de entidades promotoras que reúnam condições para integrar estes voluntários. Com sede no Centro Cultural de Anadia, no Vale Santo, na sede do concelho, o banco conta, neste momento, com 55 elementos.
As informações sobre o BLVA estão disponíveis em www.cm-anadia.pt (Serviços > Ação Social). Para saberem mais sobre o projeto ou manifestarem a sua intenção de adesão a esta iniciativa solidária, os interessados deverão contactar o banco pelo telefone 231 510 486 ou através do endereço de correio eletrónico Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

 

 

 

MUNICÍPIO DE ANADIA SENSIBILIZA PARA A LIMPEZA DA FLORESTA

 


Campanha em curso até 15 de março

O Município de Anadia está a realizar uma campanha de sensibilização para a obrigatoriedade de limpeza dos terrenos confinantes com edifícios ou aglomerados populacioNws 2019 017 0315 Amb Floresta fotonais, dirigida aos seus proprietários, arrendatários, usufrutuários, e a entidades que os detenham.
De referir que, de acordo com o Decreto-Lei n.º 124/2006, de 28 de junho, na sua redação atual, a limpeza, ou gestão de combustíveis, deve ser feita até 15 de março próximo, numa faixa de largura não inferior a 50 metros, no caso de edifícios, e de largura não inferior a 100 metros, em torno dos aglomerados populacionais, definidos no Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios.
A gestão de combustíveis a executar nestas áreas deve ter em conta os seguintes critérios: a distância entre as copas das árvores deve ser, no mínimo de 10 metros, nos povoamentos de pinheiro bravo e eucalipto, e de 4 metros para as outras espécies, devendo as árvores, em ambos os casos, estar desramadas em 50 por cento da sua altura até que estas atinjam os oito metros. A partir desta altura, a desramação deve ser feita, no mínimo, até quatro metros acima do solo. Estas medidas não se aplicam a árvores produtoras de fruto e a árvores inseridas em parques urbanos.
No estrato arbustivo, a altura máxima da vegetação não pode exceder 50 centímetros, e no estrato subarbustivo a altura máxima da vegetação não pode exceder 20 centímetros. As copas das árvores e dos arbustos devem estar distanciadas, no mínimo, cinco metros da edificação, evitando-se ainda a sua projeção sobre a cobertura do edifício. Não poderão ocorrer, no interior da faixa de proteção, quaisquer acumulações de substâncias combustíveis, como lenha, madeira ou sobrantes de exploração florestal ou agrícola, bem como de outras substâncias altamente inflamáveis.
A gestão de combustíveis tem como objetivos a redução dos efeitos da passagem de incêndios, protegendo de forma passiva as zonas edificadas, e o isolamento de potenciais focos de ignição.
O não cumprimento do disposto no Decreto-Lei n.º 124/2006, de 28 de junho, na sua redação atual, constitui contraordenação punível com coima até 10.000 euros, no caso de pessoas singulares, ou 120.000 euros, no caso de pessoas coletivas.
Para mais esclarecimentos, os interessados podem contactar o Gabinete Técnico Florestal do Município de Anadia, através do endereço de correio eletrónico Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., ou consultar o website do município (www.cm-anadia.pt).

 

 

 

 

Notas de Imprensa

 

 

 

Notas de Imprensa - 2019

 

2019

 

pdf    Nws_2019_046_0430_MVB_Expo_press

 

pdf    Nws_2019_045_0220_Educ_EBMogof_press

 

pdf    Nws_2019_044_0211_Empreend_ICT_press

 

pdf    Nws_2019_043_0215_Vin_GrEscolhas_press

 

pdf    Nws_2019_042_0222_Amb_GNR-Floresta_press

 

pdf    Nws_2019_041_0214_Amb_PMDFloresta_press

 

pdf    Nws_2019_040_0214_CMA_Compet_press

 

pdf    Nws_2019_039_0214_Empreend_Nat_press

 

pdf    Nws_2019_038_0311_Patrim_Hasta_press

 

pdf    Nws_2019_037_0209_Amb_EcoParque_press

 

pdf    Nws_2019_036_0223_Desp_Minifut_press

 

pdf    Nws_2019_035_0208_AS_UMAAnd_press

 

pdf   Nws_2019_034_0302_BMA_LetrasPrimav_press

 

pdf    Nws_2019_033_0219_MVB_MasterClass4_press

 

pdf    Nws_2019_032_0228_MVB_AuroraC_press

 

pdf    Nws_2019_031_0222_BMA_CIL_press

 

pdf    Nws_2019_030_0206_Empreend_Invest_press

 

pdf    Nws_2019_029_0309_Cult_ConcPrimav_press

 

pdf    Nws_2019_028_0206_AS_ApNat_press

 

pdf   Nws_2019_027_0209_Desp_TPPista_press

 

pdf   Nws_2019_026_0129_Assoc_EscutAvCim_press

 

pdf   Nws_2019_025_0209_Amb_EcoParque_press

 

pdf   Nws_2019_024_0130_AM_Compet_press

 

pdf   Nws_2019_023_0130_Just_TribAnd_press

 

pdf   Nws_2019_022_0330_Cult_Teat_press

 

pdf   Nws_2019_021_0130_AS_Volunt_press

 

pdf   Nws_2019_020_0202_Desp_Ciclismo_press

 

pdf   Nws_2019_019_0215_Patrim_Hastas_press

 

pdf   Nws_2019_018_0124_Empreend_Invest_press

 

pdf   Nws_2019_019_0215_Patrim_Hastas_press

 

pdf   Nws_2019_016_0122_Empreend_ICT_press

 

pdf   Nws_2019_015_0218_Urb_ReabUrb_press

 

pdf   Nws_2019_014_0218_Amb_PMDFloresta_press

 

pdf   Nws_2019_013_0116_CMA_Compet_press

 

pdf   Nws_2019_012_00112_Desp_Columb_press

 

pdf   Nws_2019_011_0117_OP_Obras_press

 

pdf   Nws_2019_010_0118_Desp_And2020_press

 

pdf   Nws_2019_009_0119_Desp_Ciclismo_press

 

pdf   Nws_2019_008_0111_Natal_Sorteio_press

 

pdf   Nws_2019_007_0110_Empreend_OE2019_press

 

pdf   Nws_2019_006_0209_Cult_Teatro_press

 

pdf   Nws_2019_005_0102_Educ_BEstud_press

 

pdf   Nws_2019_004_0103_Desp_NCicB_press

 

pdf   Nws_2019_003_1228_Desp_Basquet_press

 

pdf   Nws_2019_002_0105_Desp_Ciclismo_press

 

pdf   Nws_2019_001_1219_Amb_Anim_press

 

 

 

 

end faq

 

 

 

Copyright © 2014 MUNICÍPIO DE ANADIA | Desenvolvimento WRC | Design Sigyn